Avaliação por pares

Avaliação preliminar

Os artigos e documentos submetidos à Revista IDeAS serão, preliminarmente, examinados pela Comissão Editorial (desk review), que verificará a adequação aos seguintes requisitos da política editorial:

1) não configura plágio, de acordo com o processo de verificação;

2) segue rigorosamente as regras de formatação e de citação bibliográfica exigidas pela revista;

3) se enquadra no escopo e no principal objetivo da revista, que é "fomentar o debate e a circulação de informações sobre o 'mundo rural', na interface entre desenvolvimento, agricultura e sociedade".

Após aprovação nessa fase, os manuscritos serão enviados a pareceristas. As contribuições serão avaliadas por no mínimo dois pareceristas externos (peer review) no sistema de avaliação duplo-cega (double blind review), mantendo-se em sigilo o nome de autores(as) e pareceristas.

Avaliação por pares

A avaliação duplo-cega por pares (double-blind peer review) é totalmente realizada através do Open Journal Systems (OJS), que garante o anonimato das partes envolvidas (autores e pareceristas).

A Revista IDeAS possui um formulário próprio que consiste em várias perguntas as quais devem ser respondidas rigorosamente por pareceristas. O formulário inclui uma caixa de texto final para comentários considerados adequados e relevantes.

Os pareceristas da Revista IDeAS são externos à equipe da revista e possuem título de doutorado em áreas afins.

A Comissão Editorial é responsável por selecionar pareceristas que sejam independentes dos autores, ou seja, não afiliados à mesma instituição.

As fases de avaliação das contribuições serão as seguintes:

a) avaliação de plágio e do cumprimento ou não das regras de formatação e citação bibliográfica exigidas;

b) avaliação da proximidade entre o artigo e a política editorial da revista;

c) avaliação duplo-cega de mérito e de conteúdo dos artigos por dois pareceristas externos (double-blind peer review);

d) os pareceristas serão independentes, isto é, não afiliados à mesma instituição dos autores;

e) os pareceristas (com título de doutorado) serão escolhidos segundo a sua especialidade acadêmica e podem:
(1) recomendar a publicação;
(2) recomendar a publicação desde que sejam feitas revisões requeridas;
(3) não recomendar a publicação.

f) caso a contribuição seja deferida pelos dois pareceristas será publicada, caso seja indeferida pelos dois será excluída e se for deferida por um e indeferida por outro será enviada para um terceiro que decidirá sobre a publicação ou não do artigo;

g) os editores comunicarão as decisões dos pareceristas aos autores e exigirão as modificações por eles sugeridas quando for o caso.

h) os editores revisarão se as sugestões foram incorporadas pelos autores. Caso tenham sido, o artigo ou a resenha serão publicados, em caso negativo, serão descartados e o autor será comunicado sobre as razões da desclassificação.

Recursos e reclamações. Autores(as) podem enviar recursos, sugestões ou queixas relacionadas ao procedimento de avaliação ou resultados através do sistema de submissão ou ainda pelo e-mail revistaideas@gmail.com. Dependende do caso, a decisão será estendida para discussão no âmbito da Comissão Editorial. A resolução emitida pelos editores será final e encerrará o processo de reivindicação.

Decisão final. À Comissão Editorial é reservado o direito à decisão final sobre a publicação, mediante a avaliação satisfatória do artigo reformulado.

Má conduta. Denúncias ou identificação de má conduta também estão sujeitos à análise e julgamento pela Comissão Editorial. Para guiar a apuração e as decisões, foi elaborado o Código de ética e conduta.
Sempre que necessário, editores(as) da Revista IDeAS também buscarão orientações de boas práticas, diretrizes e estudos de caso no Committee on Publication Ethics (COPE). Assim, buscamos atingir os mais altos padrões éticos em publicações. O Conselho Editorial pode vir a ser consultado pelos editores, mas a decisão final sempre caberá à Comissão Editorial.

Autores(as) também são encorajados a contribuir no controle de qualidade do processo de editoração, especialmente no que se refere ao respeito dos prazos estipulados pela própria revista.


Prazos do processo de avaliação

1. Notificação inicial. Uma notificação automática é enviada pelo sistema quando um manuscrito é submetido à revista. Essa notificação é enviada para o e-mail do autor e serve como prova do envio.

2. Análise preliminar pelos editores. A revista se compromete em analisar e enviar o manuscrito para avaliação ou devolver para autores(as) em até 15 dias. Solicitações de adequações do manuscrito aos parâmetros da revista estão sujeitas a nova análise e extensão do prazo desta etapa.

3. Revisão por pares. A revista buscará comunicar o resultado da avaliação dos manuscrito em um prazo máximo de 90 dias. No entanto, sempre será buscado reduzir esse período o máximo possível.

Autores(as) podem contatar editores(as) a qualquer momento através do e-mail revistaideas@gmail.com para solicitar informações quanto ao estado de seu envio.


Assegurando avaliação cega pelos pares

Para assegurar a integridade da avaliação por pares cega, para submissões à revista, deve-se tomar todos os cuidados possíveis para não revelar a identidade de autores e avaliadores entre os mesmos durante o processo. Isto exige que autores, editores e pareceristas (passíveis de enviar documentos para o sistema, como parte do processo de avaliação) tomem algumas precauções com o texto e as propriedades do documento:

- Os autores do documento excluíram do texto nomes, substituindo com "Autor" e o ano em referências e notas de rodapé, em vez de nomes de autores, título do artigo etc.
- Em documentos do Microsoft Office, a identificação do autor deve ser removida das propriedades do documento (no menu Arquivo > Propriedades), iniciando em Arquivo, no menu principal, e clicando na sequência: Arquivo > Salvar como... > Ferramentas (ou Opções no Mac) > Opções de segurança... > Remover informações pessoais do arquivo ao salvar > OK > Salvar.
- Em PDFs, os nomes dos autores também devem ser removidos das Propriedades do Documento, em Arquivo no menu principal do Adobe Acrobat.


Verificação de plágio

Antes de serem encaminhados para avaliação pelos pares, os trabalhos submetidos à revista IDeAS são examinados no software Plagius Professional de detecção de plágio, ou similar. Caso uma suspeita identificada pela ferramenta venha a ser confirmada por avaliação manual, é possível que a revista questione os autores a fim de garantir a publicação de trabalhos originais. Afirmamos que o plágio se configura como comportamento editorial inaceitável e, caso seja comprovada sua existência, ficará vedado aos autores submeter trabalhos à revista novamente.